Quer fazer parte do App Motherly com exclusividade?

Saúde mental no período pós-parto: Baby blues x Depressão pós-parto

O parto é um momento marcante na vida de uma mãe.


Com a chegada do bebê muitas coisas mudam e o mundo da mãe se altera. Sabemos que experiências negativas sentidas nos primeiros meses pós-parto são comuns e podem impactar a qualidade de vida da mãe e sua família. Quando falamos sobre sentimentos negativos após o nascimento de um bebê logo, pensamos em depressão pós-parto e em baby blues. Dois termos que ficaram populares e que vamos ajudá-la a entender o que significam e como diferenciá-los.


O tal do baby blues


Logo após o parto, o corpo da mulher sofre algumas alterações, dentre elas, a ausência da placenta. Com isso ocorrem algumas alterações hormonais que podem deixar a mãe mais sensível. É possível que a mulher sinta uma mistura de emoções que incluem a tristeza (blues em inglês).


Essa mudança é chamada de baby blues e tende a durar um curto período, geralmente entre uma semana e 10 dias, se estendendo a no máximo 15 dias. Alguns dos sentimentos comuns ao baby blues são: irritabilidade, mudanças de humor, melancolia, alterações no sono, dificuldades de concentração e preocupação excessiva/ansiedade com o bebê.


Depressão pós-parto


A depressão pós-parto é um quadro clínico que atinge entre 10% e 20% das mães. Costuma ocorrer entre a quarta semana e o sexto mês pós-parto, na maioria dos casos. Nesse quadro uma mulher pode passar pelas seguintes experiências: sentimentos intensos de tristeza, alterações do sono (falta ou excesso), pensamentos negativos, mudanças de apetite, medo de machucar o filho ou a si mesma, dificuldade de concentração, desmotivação geral e alterações de memória.


A principal diferença entre baby blues e depressão pós-parto é a duração. No baby blues os sentimentos tendem a desaparecer após uma semana, enquanto na depressão pós-parto a experiência se estende por pelo menos duas semanas.


É bom lembrar, se você está passando por alterações que estão impactando sua qualidade de vida, capacidade de lidar com a rotina e ou que te deixam muito triste ou agitada/ansiosa, é hora de procurar ajuda: converse com um familiar, amigo(a), ou, de preferência, profissional de saúde.

0 visualização

Quer fazer parte do App Motherly com exclusividade?

Financiamento:

Realização: