Quer fazer parte do App Motherly com exclusividade?

É necessário preparo para a amamentação?

Você provavelmente já ouviu falar sobre estratégias que supostamente poderiam ajudar no preparo para amamentar, como por exemplo passar bucha vegetal nos seios, cremes nos mamilos, toalha áspera etc. Porém, de modo geral, isso não é mais aconselhado, pois além de não ajudar, algumas vezes ainda pode atrapalhar o processo.


Na realidade, a maneira mais importante de se preparar para amamentar é se informando a partir de conversas com profissionais de saúde, experiências de mulheres que tiveram sucesso na amamentação e leituras de materiais confiáveis para aprender mais sobre amamentação e sobre a técnica adequada para amamentar.


Não há necessidade de fazer nada na mama, o próprio organismo dá conta disso. Ainda, o principal fator para garantir uma amamentação de sucesso é a confiança da mãe. A mãe precisa confiar que o seu leite não é fraco, não é pouco, é suficiente e é o ideal para o bebê!


Outro fator muito importante é a rede de apoio nesse momento. O incentivo à amamentação por parte de familiares e amigos, além da equipe multiprofissional responsável pelos seus cuidados, deve ocorrer desde o pré-natal. Esse é o momento no qual todos devem ficar cientes dos inúmeros benefícios do aleitamento materno. O apoio familiar, social e profissional é muito importante para que a mãe se sinta confiante e tranquila para amamentar seu bebê.


Após o nascimento do bebê tudo é muito novo e muitas vezes podem ocorrer sentimentos de insegurança. A ocitocina é um hormônio fundamental que atua na ejeção do leite materno, porém é influenciada pelas emoções da mãe. Sua liberação pode diminuir em situações de ansiedade, preocupação, estresse ou insegurança prejudicando a saída do leite da mama. Por isso é importante que a mãe esteja tranquila e segura para amamentar.


Se você vai começar a amamentar ou já está amamentando e tem dúvidas, medos, ou inseguranças, não tenha vergonha de pedir ajuda!


Referências:


Brasil. Ministério da Saúde. Saúde da criança: aleitamento materno e alimentação complementar – 2. ed. – Brasília, 2015 (Cadernos de Atenção Básica; n.23)


0 visualização

Quer fazer parte do App Motherly com exclusividade?

Financiamento:

Realização: